Beats N' Lights

Posicionamento | Instabilidade financeira e novos artistas [bônus: eBook gratuíto]

Começamos pela pergunta mais comum: como vou pagar minhas contas? Uma das preocupações mais naturais entre os brasileiros também faz parte da rotina de um DJ.

A solução mais comum para manter a saúde financeira é tentar conciliar a música com outra profissão que gere uma renda fixa. Até mesmo DJs com maior destaque na cena mantém um segundo emprego durante o dia ou semana.

Ter um emprego “convencional” também garante maior estabilidade emocional. Afinal, se dedicar à música com a mesa cheia de contas a pagar não é nada agradável. Enquanto você estiver conseguindo segurar as pontas no orçamento certamente estará em um estado emocional mais propício para entrar no estúdio e criar bons trabalhos.  

Por outro lado, concentrar seus esforços apenas na carreira de DJ/produtor também é possível e plausível de análise. Isso, porém, exige um planejamento mais elaborado e uma boa reserva financeira, especialmente se você sustenta uma família.

Para seguir por esse caminho é preciso encarar sua carreira como uma empresa: tenha cautela com investimentos, mantenha as finanças organizadas e, se possível, separe as despesas profissionais das despesas pessoais.

Nisso a profissão de DJ ou produtor não difere em nada de outras profissões. Em qualquer carreira deve-se traçar um plano, com objetivos possíveis e com métricas que possam mensurar sua evolução em alcança-los.

Se você ainda não vive apenas do seu trabalho musical, siga essas regrinhas básicas:

  • De tempos em tempos, avalie sua progressão financeira;
  • Procure saber quanto os artistas de porte semelhante ao seu cobram por gigs;
  • Respeite sua profissão. Cobrar valores fora da realidade pode gerar uma bolha no mercado e tocar “pela amizade”ou “pelo rolê” é totalmente insustentável.
  • E o mais importante: estabeleça uma filosofia profissional que tenha ligação com os seus objetivos financeiros. Por exemplo: se você optar por apresentar sets extremamente experimentais, querer faturar R$ 50 mil/mês pode uma meta ousada e talvez improvável de alcançar. Tenha noção de quanto o mercado está disposto a pagar por sua arte e saiba onde você tem condições de chegar em termos de receita.
  • QUERO BAIXAR UM EBOOK SOBRE OS PRINCIPAIS MEDOS DA CARREIRA DE UM DJ

Conteúdo é tudo.

Está precisando de ajuda? Saiba como nossa consultoria focada em novos talentos pode te ajudar.

 

No Comments
Post a Comment